NOTÍCIAS

18/09/2019
Estudantes de Medicina participam de teste de progresso

Por: Daniel Santos

() comentários

Estruturado pela Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM), o Teste de Progresso da Medicina foi introduzido nos cursos de Medicina na década de 1970 pela Kansas City Medical School da Universidade de Missouri (EUA) e pela então University of Limburg, hoje Universidade de Maastricht (Holanda). Desde então, várias outras escolas de Medicina passaram a utilizar esse método de avaliação de forma isolada ou em associação colaborativa. A avaliação busca identificar quais as áreas que os alunos apresentam maior dificuldade, medir a progressão do conhecimento no decorrer dos semestres e situar o estudante em seu processo evolutivo de ensino-aprendizado. De acordo com a coordenador do curso de Medicina da IMED, professor Luiz Artur Rosa Filho, o teste é uma oportunidade para que o aluno possa também auto avaliar seu desempenho. “No ano passado já tínhamos feito essa avaliação, o que serve de linha de base para identificarmos os ganhos de conhecimento que os estudantes tiveram nesses 12 meses. Ou seja, o aluno que fez no ano passado e também nesse ano ganhou bagagem e conhecimento. Todos os estudantes de Medicina foram convidados a participar da avaliação”, relata o professor.

São 13 escolas de medicina no Estado que participam neste ano do Teste de Progresso que ocorre de forma opcional tanto para alunos como para Instituições de Ensino.  Os estudantes participaram da avaliação na tarde da quarta-feira (11).

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia
Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.