Como Logar?

SOBRE A PROFISSÃO

A Escola de Direito da IMED visa formar profissionais competentes e qualificados para o exercício das atividades concernentes aos operadores jurídicos, como atores sociais e históricos, conscientes de seu papel de protagonistas nos centros de decisões da área pública e privada, capazes de participar ativamente dos processos que envolvem a complexidade das transformações da sociedade, do Estado e do Direito brasileiro, pautados pela visão crítica, ética, cidadã, solidária e emancipatória, aptos a interpretar e aplicar o Direito contemporâneo, ajustados às necessidades locais, regionais, nacionais e internacionais atuais e emergentes, bem como, propiciar subsídios para entender as demandas da cidadania ativa, do Estado Democrático de Direito, do desenvolvimento social, econômico e científico e de atender às novas aspirações e às novas concepções jurídicas.

O Curso de Direito objetiva:

- Propiciar referencial teórico e espaços de experiência concreta, privilegiando a orientação inter/multi/transdisciplinar, sustentado pela experiência do diálogo enquanto encontro de saberes;  

- Criar condições para que o discente possa incorporar a reflexão-ação-reflexão como valor pedagógico de saber pensar, problematizar, argumentar, refletir criticamente, julgar, tomar decisões, intervir e, fundamentalmente, saber integrar a interpretação, a compreensão e a aplicação na prática profissional;

- Estimular atitude investigativa nos discentes para a produção de conhecimentos novos, que estão em movimento e têm de ser constantemente (re)pensados, mas, ao mesmo tempo, tendo um forte vínculo com a complexidade das carreiras públicas e a necessidade de alargar a visão sistêmica e macroscópica do sentido comum teórico;

- Propiciar uma formação capaz de preparar os profissionais jurídicos com condições de compreender a complexidade das relações jurídicas contemporâneas e a função social do Direito, a partir de uma educação humanista, crítica, problematizadora, reflexiva, inter, multi e transdisciplinar;

- (Re) Orientar o aluno a pensar enquanto possibilidade existencial e equiprimordial do ser humano, como uma ação perturbadora, mas ao mesmo tempo reconstituidora, auxiliando-o a ir além do pensar técnico-instrumental para perspectivas compreensiva, históricas, problemáticas, crítico-reflexivas e sobre a concretude do Direito;

- Implementar uma formação que prepare os acadêmicos a serem profissionais autônomos, criativos, inquietos, preocupados com os interesses da coletividade, capazes de interagir como agentes propulsores de transformação social, tendo como referenciais a orientação pelos princípios do cristianismo, pelo respeito à dignidade humana, pela responsabilidade solidária, pelo exercício co-responsável da liberdade, pela autonomia e pelo amor à justiça e aos valores democráticos da sociedade contemporânea.

- Oferecer sólida formação geral que possibilite ao operador jurídico atuar nas diversas áreas do campo jurídico e uma visão atualizada dos novos Direitos, Direitos Humanos, interesses transindividuais e sociais, bem como uma formação específica para o domínio dos saberes relacionados às carreiras públicas.

Possibilitará a seu egresso a formação profissional adequada ao exercício da advocacia e ao acesso às carreiras públicas que permitirá, respeitando os respectivos processos seletivos,  atuar na Advocacia Privada (Advogado), Advocacia Pública (Procurador), Defensoria Pública (Defensor), Ministério Público (Promotor), Magistratura (Juiz Estadual e Federal), Segurança Pública (Delegado), Docência Superior (Professor/Pesquisador) e Funcionalismo Público (Concursos Públicos).

 

Quero me inscrever
Fechar

Registrar Interesse

Se interessou pelo curso? Preencha os campos abaixo com seus dados e aguardo pelo nosso contato para mais informações.