Comunicação

Notícias

VOLTAR
29/05/2020
Quarta etapa da pesquisa Epicovid-19 apresenta bons resultados no enfrentamento da pandemia no RS

Por: Daniel Santos

() comentários

Em Passo Fundo foram quatro testes positivos para Coronavírus, e o município segue apresentando números de casos e mortes elevados nas estatísticas oficiais

 A quarta e última  fase do estudo populacional sobre a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) ocorreu simultaneamente em nove cidades gaúchas durante o último final de semana. O estudo EPICOVID19 foi encomendado pelo Governo do Estado e é conduzido pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Em Passo Fundo, a pesquisa conta com o apoio da IMED, UFFS e UPF para estimar o percentual de gaúchos com anticorpos para o vírus SARS-coV-2 e, assim, determinar o percentual de infecções assintomáticas ou subclínicas, avaliar a velocidade de expansão da infecção ao longo do tempo e obter cálculos precisos da letalidade do vírus.

A quarta etapa mostrou que o Estado vem alcançando bons resultados no enfrentamento da pandemia. Os números, divulgados pelo governo do Estado e pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em transmissão ao vivo pela página do Facebok do governo, demonstrou estabilidade no número de pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus.“Observamos que a estabilidade apurada pela pesquisa também está nas internações hospitalares. No dia 9 de maio, tínhamos 220 pacientes internados suspeitos ou confirmados para Covid. Ontem, 26 de maio, eram 225. Ou seja, do início do mês para cá, temos praticamente o mesmo número de pacientes internados. O que confirma o resultado da pesquisa: uma efetiva estabilidade no quadro de contágio no RS”, destacou o governador Eduardo Leite.

Para o estudante de Medicina da IMED, Jefferson Cunha, que atuou junto com outros 35 entrevistadores, a experiência foi gratificante. “A gente não está acostumado a ver um trabalho de pesquisa em uma dimensão tão grande como esse, e ainda mais por ser um trabalho pioneiro na área de estudo do coronavírus, e em meio a uma pandemia”, relata o acadêmico.

 

 

Foram aplicados 4.500 testes rápidos nas nove cidades escolhidas pelo estudo. Em Passo Fundo, foram quatro testes positivos. O município repete os quatro positivados da etapa anterior e vem apresentando números de casos e mortes elevados nas estatísticas oficiais. “No Estado, foram oito testes positivos, o que representa uma estimativa de 0,18% da população que possui anticorpos contra o vírus. Essa última fase nos demonstra que podemos ter três vezes mais o número de casos que estão sendo notificados. Esse estudo que foi realizado no RS será realizado em todo o Brasil. A pesquisa nacional segue por quatro etapas também e tem a gestão do IBGE. É importante que as pessoas recebam os pesquisadores em casa”, alerta a Diretora de Pós-Graduação Stricto Sensu e Pesquisa da IMED, Caroline Calice da Silva.

Os dados apresentados pelo estudo de Epidemiologia da Covid-19 no RS (Epicovid19) estimam que haja um infectado a cada 562 gaúchos – na testagem anterior, havia um caso positivo a cada 454 pessoas; na segunda, um a cada 769 e na rodada inicial, um a cada 2 mil, a quarta fase da pesquisa também aponta que teríamos 1.778 infectados reais para cada grupo de 1 milhão de habitantes do RS.

 

 

“Nesta última rodada, tivemos dois dias de pesquisa que foram bem complicados, por conta da chuva, frio, barro para caminhar. Algumas pessoas não estavam em suas residências, pois já retornaram aos seus trabalhos, como serviços básicos e comércio. Então, a gente acabava não encontrando muitas pessoas que estavam na nossa relação de entrevistados”, finaliza Jefferson.

Fotos: Divulgação Prefeitura de Passo Fundo 

 

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia