Comunicação

Notícias

VOLTAR
11/08/2021
Professor Giovani Kolling está entre os TOP 100 autores em periódico referência na área de produção leiteira

Por: Francine Tiecher

() comentários

Publicação, que leva o nome do docente da IMED, está entre os 100 artigos mais citados e publicados no periódico científico Journal of Dairy Science desde o início de 2018

 

“Performance and methane emissions in dairy cows fed oregano and green tea extracts as feed additives”, em tradução livre “Desempenho e emissões de metano em vacas leiteiras alimentadas com extratos de orégano e chá verde como aditivos alimentares” está entre os 100 artigos mais citados desde o início de 2018 no periódico científico Journal of Dairy Science – JDS.

Um dos autores do artigo é o professor do Curso de Medicina Veterinária da IMED, Dr. Giovani Jacob Kolling, que participou do desenvolvimento da pesquisa, que visou avaliar o uso de extratos de orégano e chá verde, e a associação de ambos os extratos como aditivos na dieta de vacas leiteiras no terço inicial da lactação, sobre o desempenho e a emissões de metano dos animais.

 

Sobre o estudo

O estudo investigou se o efeito gerado dos extratos de plantas propostos como substitutos para aditivos de componentes químicos na dieta de animais, devido ao seu potencial como modificadores de fermentação de rúmen e em razão de suas atividades antimicrobianas e antioxidantes, possivelmente, reduziria as emissões de metano por esses animais.

“Após o ajuste da dieta dos animais e a inclusão dos extratos, inúmeros exames, testes, utilização de equipamentos de alta precisão e análises estatísticas foram realizadas. Em conclusão, observou-se que extrato de orégano e chá verde foram capazes de reduzir as emissões metano (CH4) por quilograma de matéria seca digestível ingerido, da mesma forma que a digestibilidade total foi melhor quando utilizada a mistura dos extratos para as raças avaliadas. Sendo assim, observaram-se respostas positiva com enfoque na sustentabilidade ambiental e diminuição da produção de gases de efeito estufa”, explica Giovani.

 

Relevância Internacional do Journal of Dairy Science

A publicação possui Qualis A1 e é referência na área de produção leiteira. Isso significa que foi avaliada pela CAPES por um conjunto de procedimentos, e foi classificada como uma das mais qualificadas quando se trata de produção intelectual, uma vez que periódicos A1 e A2 possuem fator de relevância de excelência internacional.

Journal of Dairy Science possui uma alta classificação na categoria Ciência e Tecnologia de Alimentos: o periódico está em 40º lugar entre 144 periódicos nessa categoria, sendo que, com base nessas métricas, continua a ser a melhor fonte de pesquisa e aplicação da ciência láctea de ponta em todo o mundo. Além disso, dos 63 periódicos estão classificados na categoria Agriculture, Dairy, and Animal Science, o JDS ocupa o sexto lugar no JIF, o quinto no Fator de impacto de 5 anos (4.354 ) e o primeiro no Eigenfactor Score (que remove as autocitações). 

“O reconhecimento por parte da American Dairy Science Association (ADSA) e dos Editores do Journal of Dairy Science (JDS) é extremamente gratificante, demonstrando a importância da pesquisa realizada pela equipe e a contribuição científica do estudo para toda a cadeia produtiva do leite, bem como a sua importância na preservação dos recursos naturais e meio ambiente”, comemora o docente da IMED.

Quem ficou interessado e quer conferir na íntegra o conteúdo do estudo pode CLICAR AQUI para acessar e baixar o artigo. 

No site do Journal of Dairy Science podem ser conferidas também outras publicações científicas da área. 

 

Equipe de trabalho

A equipe foi composta por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a qual Giovani esteve vinculado na época do desenvolvimento do estudo, Embrapa Gado de Leite, Universidade de São João del Rei e Universidade Federal de Viçosa. Além do docente da IMED, entre os nomes envolvidos estão Sheila B. Stivanin; Alexandre. M. Gabbi; Fernanda S. Machado; Alexandre L. Ferreira; Mariana M. Campos; Thierry R. Tomich; Camila S. Cunha; Susane. W. Dill; Luiz Gustavo R. Pereira; e Vivian Fischer.

 

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia