Comunicação

Notícias

VOLTAR
08/07/2019
Parceria com Escola Livre de Arquitetura aproxima alunos da prática e das transformações da profissão

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Com base no Campus Porto Alegre, a ela. propõe repensar o fazer do arquiteto urbanista

Explorar as possibilidades da Arquitetura e Urbanismo e construir um pensamento que fundamente a atuação do profissional no século XXI são propostas da ela. Escola Livre de Arquitetura, que conta com uma base no quarto andar da IMED Campus Porto Alegre. A escola e a IMED mantêm uma relação de protocooperação, o que significa que se traduz em benefícios para todos os envolvidos. A partir da parceria, os estudantes do curso têm acesso a descontos nas atividades desenvolvidas pela ela., a bolsas em oficinas e workshops, além da possibilidade de participar de ações exclusivas, criadas em conjunto pela ela. e pela IMED.

As atividades têm foco em temas complementares à Graduação e podem acontecer na forma de viagens de estudo, intercâmbios acadêmicos, cursos, encontros, etc. Na prática, são um convite para repensar as formas de fazer arquitetura. A programação envolve desde oficinas, workshops e palestras até passeios guiados, viagens e intervenções urbanas. Segundo a escola, o objetivo é “fortalecer lugares de ensino, projeto, pesquisa e extensão com propósitos sinceros, assim como a ação profissional de jovens arquitetos”.

Para a professora da Graduação em Arquitetura e Urbanismo da IMED, Débora Saldanha de Ávila, a ela. propõe formatos não convencionais e inverte a lógica de ensino ao possibilitar que os alunos coloquem a mão na massa desde o início, participando de maneira ativa de um processo de aprendizagem em que o foco é o projeto de arquitetura e urbanismo.

“A IMED tem buscado trabalhar outras formas de ensino e atividades mais práticas, que, de certa forma, vão ao encontro dessa postura da Escola Livre, através de experiências em campo, encontros, palestras. A ela., ainda assim, ultrapassa barreiras e propõe uma nova abordagem da prática e do ensino de arquitetura. Para o aluno, ter essas duas oportunidades (o ensino universitário e um modelo de extensão não convencional no qual a ela. se enquadra) é uma experiência muito positiva”, acredita Débora.

Conheça alguns projetos da ela.

Edição do ela.convida com o coletivo Goma Oficina

O ela.convida é um evento que acontece em lugares inesperados, proporcionando um encontro com convidados que compartilham suas ideias e experiências. A edição mais recente teve como atração a Goma Oficina, coletivo de arquitetos e artistas associados, que, desde 2010, trabalha com frentes interdisciplinares. O encontro gratuito aconteceu no Barraco Cultural/Galeria Mascate, em Porto Alegre.

Outro exemplo é o ateliê de projeto-construção Habitáculo, uma experiência de imersão, que será realizada entre 15 e 21 de julho, em Porto Alegre. Durante sete dias, os participantes trabalharão com o objetivo de investigar e construir uma microestrutura que possa abrigar minimamente um corpo humano, além de ser adaptável, móvel e não-programática.

No intercâmbio de projeto Tellure - Pergunte à terra, a ela., por meio do seu Ateliê b.ela, se uniu ao estúdio carioca Matéria Base e ao arquiteto Fernando Minto para a prática em taipa de pilão (técnica de construção ecoeficiente que utiliza a terra). Além de permitir aos participantes “colocar a mão na terra”, a ação resultará em um presente à cidade do Rio de Janeiro com uma instalação urbana. A atividade está programada para ocorrer entre 19 e 22 de setembro.

Sobre a ela. Escola Livre de Arquitetura

A ela. surgiu a partir da ação de um grupo de arquitetos-professores sensíveis à condição do Ensino Superior no Brasil. Em sua essência, propõe repensar o próprio fazer do arquiteto urbanista. Conta com três laboratórios: o Fabrica, que trabalha com a lógica de fazer o máximo com o mínimo; o R.U.A. (refletir urbanidades na ação), que promove ações urbanas que possam gerar estranheza ou se conectar a projetos maiores; e Tecnologias Sensíveis, centrado em trabalhar as novas tecnologias de forma mais humana. Para conhecer mais, acesse www.elaescolalivre.com.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia