Comunicação

Notícias

VOLTAR
22/05/2020
IMED recebe autorização para o seu primeiro doutorado

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Com a conquista, instituição completa o ciclo do ensino em Odontologia, oferecendo Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado

É oficial! Com a publicação de parecer favorável realizada nesta semana, a Capes autoriza a IMED a ofertar o seu primeiro doutorado. Com isso, a instituição reafirma o seu compromisso com a ciência e fortalece a qualidade dos seus programas de pós-graduação. O curso aprovado é o Doutorado em Odontologia, área em que a IMED já desponta como referência por meio dos seus cursos de graduação, lato sensu - que inclui parceira com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre - e Mestrado.

“Esse é um passo significativo na estratégia institucional de se tornar uma instituição universitária de excelência, com qualidade de ensino e que passe por resolver os problemas da sociedade, que envolvem o ensino, a pesquisa e a relação com o meio empresarial. Nesses 15 anos de IMED, Odontologia sempre foi uma referência na estratégia da instituição e que hoje completa todo o seu ciclo com o Doutorado”, afirma o Vice-presidente acadêmico da IMED, Prof. Dr William Zanella.

Atualmente, a instituição conta com seis Programas de Pós-graduação Stricto Sensu: Administração, Direito, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Psicologia e Odontologia. E os esforços agora se voltam para possibilitar que as demais áreas também possam ter o seu doutorado autorizado futuramente.

“A IMED iniciou o seu primeiro curso de mestrado em 2013, mas o investimento em pesquisa e qualificação docente, começou muito antes, para que pudéssemos concretizar esses projetos. Nos últimos anos, a instituição vem sendo agraciada com diversos reconhecimentos que demonstram nossa qualidade científica: verbas de agências de fomento, docentes contemplados bolsas de pesquisa do CNPq e compondo comitês de importantes entidades de ciência do país. O Doutorado em Odontologia, consagra a IMED nesse cenário”, destaca a Diretora de Pós-graduação Stricto Sensu, Dra. Caroline Calice da Silva.

A avaliação e a autorização dos Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado) são realizadas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), vinculada ao MEC. A proposta para abertura do Doutorado foi encaminhada no segundo semestre do ano passado. O curso será conduzido em associação com a UNAERP (SP), instituição com a qual a IMED mantém colaborações científicas e acadêmicas na área há bastante tempo.

Odontologia inovadora

Na graduação, o curso de Odontologia integra o portfólio da IMED desde 2010. Em seguida, vieram os cursos de Especialização (Pós-Graduação Lato Sensu), o Mestrado e a expansão das atividades da Escola de Odontologia para o Campus Porto Alegre. Assim como nos demais cursos na área, o Doutorado também nasce alinhado às necessidades do mercado e às premissas da IMED. “Um dos grandes diferenciais do curso é formar doutores que sejam capazes de propor soluções inovadoras para problemas reais da sociedade em que estão inseridos, alicerçados em habilidades tecnológicas. Para isso, foram estabelecidas diferentes disciplinas e ambientes de discussão, para que o doutorando desenvolva fluência tecnológica no decorrer do curso”, ressalta o coordenador do novo Curso, Prof. Dr. Rafael Sarkis Onofre. Para quem ficou interessado, fique atento: o edital de seleção será lançado em breve.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia