Comunicação

Notícias

VOLTAR
22/06/2020
Estudo sobre Covid-19 no Estado busca entrevistadores voluntários

Por: Karen Vidaleti

() comentários

Pesquisa analisa a proporção de casos de infecção do coronavírus, incluindo pessoas assintomáticas, e serve de subsídio ao poder público na tomada de decisão 

A IMED está recebendo inscrições para entrevistadores voluntários, interessados em colaborar com o estudo populacional que avalia o avanço da Covid-19 no Rio Grande do Sul. Podem se candidatar acadêmicos de graduação e pós-graduação e docentes/profissionais da área da saúde (confira, abaixo, a relação de requisitos). Na primeira fase, a pesquisa realizou quatro etapas de testagem da população. Ainda estão previstas quatro novas etapas. 

Os dados coletados, que vem sendo coletados desde abril, apuram qual a parcela da população gaúcha já contaminada pela doença, quantos desenvolveram a doença ou são assintomáticos e qual é a taxa real de letalidade (a proporção de mortos em relação ao total de doentes). Além disso, os resultados servem de subsídio ao poder público na tomada de decisão quanto às políticas de restrição e saúde pública, uma vez que fornecerá informações sobre o estágio da epidemia no RS e uma estimativa de sua progressão.

A pesquisa é coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e conta com colaboração com demais Instituições de Ensino Superior (IES) para identificar a proporção de casos de infecção pelo novo coronavírus e a evolução da doença em oito regiões do Estado: Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Ijuí, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul/Lajeado e a região metropolitana de Porto Alegre. Em Passo Fundo, o estudo é conduzido pela IMED, juntamente com a UFFS e a UPF.

O projeto é coordenado pelo pesquisador e reitor da UFPel, Dr. Pedro Hallal. Em Passo Fundo, estão à frente do estudo os pesquisadores Dr. Jeovany Martínez-Mesa (IMED), Dra. Shana Ginar da Silva (UFFS) e Dr. Kauê Collares (UPF).

Requisitos

Para candidatar-se, o voluntário deve atender os seguintes pré-requisitos:

- Acadêmico/profissional da área da saúde;

- Não ser do grupo de risco (não ter nenhuma doença pré-existente);

- Ter noções, ter tido aulas sobre procedimentos de segurança em condutas sanitárias

- Preferencialmente, ter veículo e carteira de habilitação;

- Ter disponibilidade de horários durante os três dias do projeto (um de treinamento e dois de coleta).

- Preferencialmente, ter nº de PIS

- Preferencialmente, ter celular com sistema Android (celular que não seja IPhone). O celular deve ter memória livre pois irá fotografar os dez exames realizados em cada dia e baixar o APP da pesquisa.

Haverá uma ajuda de custo para cada entrevistador e o voluntário irá receber certificado da UFPel de participação no Projeto

Inscrições

As inscrições serão aceitas até às 23h59 desta terça-feira (23). Para se candidatar, clique aqui.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia