Comunicação

Notícias

VOLTAR
11/02/2020
Dentistas participam de imersão sobre os desafios e soluções em reabilitação oral em pacientes com DTM, Bruxismo e Dor

Por: Daniel Santos

() comentários

Os profissionais debateram na IMED assuntos relacionados aos tratamentos e diagnósticos

Com a proposta de tratar de forma científica e clínica os diversos limites e soluções para as reabilitações orais quando os pacientes apresentam Disfunções Temporomandibulares (DTM) foi realizado no campus Passo Fundo da IMED, a imersão em DTM, Bruxismo e Dor, que reuniu cirurgiões dentistas da região.

De acordo com o professor Bruno Carlini Jr. que possui amplo conhecimento em reabilitações orais, o controle do bruxismo e da dor são fundamentais para o conforto do paciente. “ Também é importante para a  durabilidade dos procedimentos de reabilitação oral, tanto em procedimentos protéticos quanto em restaurações em resina”, comenta.

 

 

A professora Alexandra Silveira, também ministrante do curso , e que possui experiência de mais de 20 anos em dor orofacial comenta que no curso foram abordados o diagnóstico para DTM, clinico : exames físicos e intra-orais, articulares, musculares, tecidos moles e duros, bem como complementares: radiografias, ressonâncias, tomografias. "Também estamos abordando que as disfunções temporomandibulares – são patologias onde o paciente apresenta sintomatologia dolorosa, cefaleia, dor muscular, limitação de movimento, limitações mastigatórias, dificuldades que impactam na qualidade de vida das pessoas. Também falamos sobre bruxismo, que é o apertamento e ranger de dentes, que ocasiona a destruição gradual dos dentes e dos tecidos de suporte dos dentes, além de ser uma das condições de saúde que mais afeta a população mundial", relata a professora.

 

 

Os dentistas também tiveram a possibilidade de debater com os professores como deve ser diagnosticado e como informar o paciente sobre o que ele está passando. Além disso foram discutidos os tratamentos globais e reabilitadores que envolve não apenas a Odontologia, mas também as outras áreas, como fisioterapia, otorrinolaringologia e fonoaudiologia. “Para casos assim, muitas vezes, o dentista pode agir sozinho, mas em alguns mais específicos é necessário tratar de forma multidisciplinar”, aponta Carlini.

 “É de muita importância atualizações como estas pois os conceitos, possibilidades de diagnósticos e de tratamento tanto em DTM quanto em reabilitações vão mudando com o tempo. Hoje em dia, temos mais recursos e alternativas de tratamento, além do diagnostico ter melhorado muito também. A imersão possui uma grande vantagem, pois aborda um determinado tema em dois módulos de 24 horas cada, o que proporciona uma grande bagagem de conhecimento”, finaliza professor Bruno.

Um dos dentistas que participou da imersão, Ernando Conterno, que atende na cidade de Marau, possui ampla experiência em cursos de atualização. Ernando é especialista em Endontia, Dentística Restauradora e atualmente está cursando pós em Prótese Dentária. “Me sinto muito grato por ter participado deste curso com a professora Alexandra Silveira e com o professor Bruno, pois proporciona uma visão ampliada sobre a reabilitação oral. Muito gratificante entrar dentro do assunto nessa imersão. Nós, alunos, ficávamos muito satisfeitos com os conteúdos tratados”, relata.

O curso tratou também de soluções digitais como Scanner Intraoral, CAD CAM e impressão 3D. Nos próximos meses, o professor Bruno Carlini oferecerá Imersão em Restaurações de Resina, que iniciará em Abril de 2020. A professora Alexandra Silveira coordenará um Aperfeiçoamento em DTM e Dor Orofacial, que está na fase de projeto e será lançado no segundo semestre de 2020.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia