Comunicação

Notícias

VOLTAR
09/10/2020
Computação da IMED é o único curso do Estado reconhecido com conceito máximo pelo MEC

Por: Francine Tiecher

() comentários

Em portaria divulgada nesta semana, graduação alcançou a nota 5 após visita de avaliação

 

Agora é oficial: o Curso de Ciência da Computação da IMED é o único do Estado, de instituição privada, a obter conceito máximo em avaliação pelo Ministério da Educação – MEC, conforme portaria n° 288, de 7 de outubro de 2020. A graduação da instituição foi avaliada com a nota 5, conceito máximo, que indica a qualidade do ensino oferecido pelas Instituições de Ensino Superior no Brasil. 

O Ministério da Educação é o órgão governamental que regula todas as instâncias de ensino no país. Portanto, suas avaliações são consideradas a forma oficial de classificar a qualidade dos cursos. O conceito do MEC atesta a qualidade das condições de ensino e corpo docente, e é composto por diferentes variáveis, que traduzem resultados da avaliação de desempenho dos estudantes, infraestrutura e instalações, recursos didático-pedagógicos e corpo docente.

“O conceito 5 do Curso de Ciência da Computação representa, para a IMED, um trabalho de excelência na área acadêmica e na área técnica, porque nós nos preocupamos em preparar os nossos alunos da melhor forma possível para o mercado de trabalho, incluindo duas grandes habilidades: formação humana e formação técnica. Então, a nota cinco, é resultado desse trabalho alinhado, a partir dos nossos pilares acadêmicos, aonde o empreendedorismo é o pilar que sustenta toda essa possibilidade de colocar no mercado um profissional diferenciado”, frisa o Diretor de Graduação da IMED, Luiz Ronaldo Freitas de Oliveira.

O Diretor também faz um agradecimento a todos os professores, colaboradores, ao Coordenador do Curso, professor Marcos, pelo excelente trabalho que está sendo realizado e pela excelente formação que está sedo oferecida aos nossos alunos. O conceito cinco é sinônimo de qualidade e de excelência.

Os resultados que podem ser vistos no desenvolvimento da IMED refletem o trabalho sério e comprometido da presidência e dos mais de 400 colaboradores entre o quadro técnico-administrativo e professores, que possuem ampla vivência acadêmica e prática.

“Para nós, da IMED, essa nota é muito importante. Primeiro, por sermos ainda uma instituição do interior de Estado e termos alcançado um conceito máximo junto do ministério da Educação é sensacional, como resultado educacional. Isso mostra o comprometimento que a IMED tem com o ensino de jovens, mostra o quanto a gente inova no nosso currículo, mostra o quanto conseguimos evoluir na questão de teoria e prática, trazendo os nossos alunos para dentro da prática, e não ficando somente na teoria. E com certeza, isso diferencia a IMED das demais instituições, porque hoje somos a única instituição privada a possuir um curso de Ciência da Computação, a nível de bacharelado, reconhecido com o conceito cinco no Estado do Rio Grande do Sul. Isso nos enche de orgulho e também nos deixa muito cientes da responsabilidade que temos, porque deste resultado mostra então que nós temos que continuar entregando aquilo que a gente já entregou, e temos que evoluir ainda para entregar cada vez mais, para a comunidade, para a sociedade, profissionais mais competentes, mais realistas, mais de acordo com as demandas da região, a nível de tecnologia”, destaca Marcos Roberto dos Santos, Coordenador da graduação de Ciência da Computação.

Comprometida com a excelência acadêmica, empreendedorismo e inovação no segmento em que atua, o reconhecimento é resultado de um trabalho alinhado com os princípios da instituição.

No Estado, além da IMED que é uma instituição privada, existem mais dois cursos de instituições públicas que também possuem o conceito máximo pelo MEC.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia