Comunicação

Notícias

VOLTAR
18/06/2019
Acadêmicos de Arquitetura visitam a CasaCor 2019

Por: Eduarda Ricci Perin

() comentários

Viagem ao maior evento de Arquitetura, Decoração e Paisagismo da América Latina proporcionou ainda a visitação dos alunos aos principais pontos turísticos de Curitiba

 

No último final de semana, dias 15 e 16 de junho, a turma da disciplina de Arquitetura de Interiores e demais alunos do curso de Arquitetura da IMED realizaram uma visita à cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, conhecida pelo cuidado com o planejamento urbano, belas áreas verdes e um transporte público de qualidade.

A viagem oportunizou a visitação dos acadêmicos à CasaCor, considerado o maior evento de Arquitetura, Decoração e Paisagismo da América Latina e ainda incluiu os principais pontos turísticos que relacionam projetos de paisagismo, uma bela arquitetura e os desafios estruturais, como por exemplo, o Museu Oscar Niemeyer, muito conhecido por Museu do Olho.

A disciplina realiza duas viagens similares ao ano, tendo como meta principal a visita na Mostra CasaCor. No primeiro semestre, o objetivo é levar os alunos para fora do Estado, tornando possível conhecer novas propostas e formas de projetar a Arquitetura de Interiores. Já no segundo semestre, a proposta é valorizar o evento que acontece sempre na capital, em Porto Alegre. Complementar a isso, um roteiro de visitas é elaborado paralelamente, conforme às potencialidades da cidade em questão, visando uma proximidade maior do aluno à prática da profissão.

De acordo com a professora da disciplina, Camila Ricci, o resultado é sempre positivo. “O feedback por parte dos alunos é satisfatório, tornando estas viagens muito esperadas por todos. Não há dúvidas que presenciar os locais, conhecer obras estudadas em sala de aula, ver na prática o que se obtém em teoria é muito gratificante, produtivo e faz com que se apaixonem pelo caminho profissional que escolheram”, destacou.

Além da CasaCor/Curitiba 2019 e do Museu do Olho, os acadêmicos visitaram locais como o Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá, Torre Panorâmica, Centro Histórico, Largo da Ordem, entre outros. Os locais pontuados acrescentaram conhecimentos variados, que partiram de questões arquitetônicas, de restauro, soluções estruturais (concreto e metálica), o paisagismo, parte de malha urbana, até chegar na Arquitetura de Interiores.

 

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia