Comunicação

Notícias

VOLTAR
29/05/2020
Disciplina de Desafios da Profissão debate Direito e Música e produz podcasts jurídicos

Por: Daniel Santos

() comentários

A disciplina de Desafios da Profissão do curso de Direito, ministrada pelo professor Leandro Caletti aos alunos do primeiro semestre letivo do turno diurno, examinou, na aula dessa quinta-feira (28), a relação entre o Direito e a Música, contando com a participação da cantora Paula Araújo, graduada em Direito pela IMED, e da professora Raquel Soveral. Em seu perfil no Instagram, Paula falou da emoção de retornar à IMED, mesmo que online, para conversar com os alunos. “O pessoal estava aberto a ouvir coisas novas. Agradeço ao professor Leandro por sempre acreditar em mim e nesse tema que eu pesquisei com tanto amor e também a minha orientadora, professora Raquel Soveral”, declarou a jovem cantora aos seus seguidores.

A atividade faz parte do conteúdo programático da disciplina e analisou a contribuição da música como instrumento de criatividade do jurista e de incremento da sociabilidade do Direito. A cantora Paula Araújo conversou com os alunos sobre ‘A música como fomento aos Direitos Humanos: uma análise das letras da MPB sob a ótica da liberdade de expressão’, tema do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O professor Leandro Caletti explica que a disciplina foi dividida em três eixos fundamentais:  Interpretação e Criatividade, Improvisação e Narrativas e Inovação e Ação Empreendedora, sendo que a atividade envolvendo Direito e Música se insere no primeiro eixo, no qual os alunos foram divididos em grupos e sorteadas músicas a cada um. Depois de examinadas as letras e assistidos os videoclipes das músicas, os alunos retiraram o conteúdo jurídico oculto de cada obra, produzindo, a partir dessa ‘descoberta criativa’ um podcast jurídico. “A aula com a participação da Paula Araújo e da professora Raquel Soveral forneceu aos alunos material empírico e ideias criativas para a produção e a gravação dos podcasts jurídicos, além de descortinar a realidade das produções musicais que contornaram a censura à liberdade de expressão. A abertura para a oitiva das músicas e a produção dos podcasts desenvolve a criatividade dos alunos e os aproxima da humanidade e da sensibilidade, características tão presentes nas obras artísticas e, atualmente, esquecidas na construção do futuro jurista”, comenta.

Galeria de Imagens
comentários sobre esta Notícia